terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Você não pode ver, mas isso me machuca. Você não pode ouvir o que se passa aqui dentro, mas é muito barulhento, ao ponto de me deixar surda, é um veneno que vai te consumindo até não sobrar mais nada, te mata silenciosamente, é isso que você está me causando.

Nenhum comentário:

Postar um comentário